• Corpos, linhas

     

    Começa neste dia 3, e vai até 3 de novembro, uma exposição de desenhos e fotos de Ana Amélia Genioli na Galeria Eduardo Fernandes (R. Harmonia, 145, SP). Recebi o catálogo pelo correio, e no começo os desenhos pareciam rabisquinhos mais ou menos abstratos. Mas são fragmentos de braços e pernas, superpostos sobre um papel que,informa a crítica Juliana Monachesi, têm as dimensões de um lençol. A superposição se decifra melhor quando nos aproximamos das fotos que também fazem parte da mostra.

    Aqui, as imagens se tornam mais “legíveis”, embora sigam o mesmo principio: trata-se de produzir não propriamente a ilusão de um movimento, mas como que a memoria visual do movimento, aquilo que se fixou e se apagou instantaneamente da nossa percepção. O efeito é surpreendente, porque a transparência de um tecido, de uma pele (outro tecido, afinal, sobre nossos corpos) ganha as características de uma linha, de um desenho. Em geral, fotografias são “pinturas” da realidade: mostram volumes, cores, luzes.

    Ana Amélia Genioli faz com que sejam “desenhos” da realidade: traços, linhas, esboços – como se ainda fosse preciso, na verdade, que o real vivido a cada instante ganhasse, um dia, sua definitiva solidez.

     

    Marcelo Coelho
    2006

    Marcelo Coelho é jornalista e membro do Conselho Editorial do jornal “Folha de São Paulo”. É autor de diversos livros de ficção, ensaios, teoria crítica e cultural e também de livros infantis.

     

    Per-médio, Pertinente, Peraí Galeria Eduardo Fernandes